Site Ururau publica matéria sobre assembleia dos professores da UENF

 Professores poderão entrar em greve por falta de salários

 Ururau. Professores poderão entrar em greve por falta de salários

Professores da Universidade Estadual Fluminense (Uenf) poderão entrar em greve ainda esta semana. A informação é do segundo vice-presidente da Associação dos Docentes da Uenf (Aduenf), Marcos Pedlowski. Ele informou que nesta quinta-feira (03/08), às 16h, os professores realizarão a assembleia para definir os próximos passos, com o indicativo de greve e adesão de toda a categoria. As aulas do segundo semestre reiniciaram, mas podem ser suspensas.
“Não há uma sinalização de quando serão pagos os salários atrasados. Já estamos indo para quatro meses de atraso, incluindo o 13º salário do ano passado”, disse.
Pedlowski ressalta que na pauta está a reivindicação da regularização do custeio da Uenf. “Sem isso, vamos continuar bancando o funcionamento da universidade com nossos salários. Salários estes que não estamos recebendo há meses”, ressaltou.
De acordo com o segundo vice-presidente, o déficit financeiro da Uenf já teria ultrapassado RR$ 30 milhões com concessionárias e fornecedores. “O último repasse feito pelo estado foi em outubro de 2015. De lá pra cá não entrou mais nada, com a desculpa de que o pagamento dos servidores é prioridade”, comentou.

 Reportagem: Ururau,  Fonte Redação

Postagens mais visitadas deste blog

Professores da UENF decretam greve por tempo indeterminado

Presidente da Assembleia de Deus Central de Campos dos Goytacazes faz apelo em defesa da UENF

Servidores, aposentados e pensionistas sem salários realizam protesto no Fórum do Rio de Janeiro